Como ler o Business Model Canvas

Por Sandra Elisabeth

Já perdi as contas do número de empreendedores e empresários que me perguntaram “porque” o Business Model Canvas é preenchido de trás para frente ou da direita para esquerda.
E após nove semanas discutindo como se preenche o Canvas e deixando dicas para facilitar o entendimento da ferramenta, achei importante apresentar como se faz a leitura do documento Business Model Canvas e explicar os motivos da maneira como o escrevemos.

Todos sabem que o coração do Modelo de Negócios Canvas é o Cliente; e que é a partir do conhecimento dos desejos (proposta de valor) deste que se desenvolve um produto e serviço inovador.

Ora, se o empreendimento deve ser criado para atender o Cliente, é necessário primeiro conhece-lo, e por isso começamos preencher o Canvas do lado direito, onde se encontra o quadrante de clientes.

E daí surge a pergunta: “Porque o quadrante Clientes não fica do lado esquerdo do Canvas?”

E a resposta está na forma como leremos o documento depois dele escrito.

Perceba que o Business Model Canvas é uma ferramenta administrativa e gerencial que tem como objetivo auxiliar o empreendedor a desenvolver seu Modelo de Negócio, complementando o documento do Plano Estratégico. Sendo assim, após finalizado o preenchimento da ferramenta, o que está escrito nela se torna um documento e por isso precisará ser lido com alguma lógica!

Então, vamos ao que interessa: Como ler o Business Model Canvas!

Observe o gráfico a seguir:

O empreendedor deve começar o empreendimento buscando os Parceiros Chaves e apresentando o negócio para eles, fechando as parcerias e alinhando com estes as expectativas do trabalho a ser realizado.

Depois, o empreendedor precisa simultaneamente realizar as Atividades Chaves e obter os Recursos necessários para produzir e entregar o produto ou serviço aos seus clientes. Neste caso um não é mais importante do que o outro! Ambos precisam ocorrer em conjunto.

Quando as Atividades são realizadas com os Recursos disponíveis, a Proposta de Valor do cliente começa a ser atendida, já que a empresa está produzindo os produtos e serviços desejados pelos clientes.

Tudo isto gera Custos, e a empresa precisa estar preparada e conhecer quais são os custos que terá para tirar sua ideia do papel e fazer a empresa acontecer.

Com os produtos e serviços mínimos viáveis prontos, é hora de começar a realizar as vendas, utilizando os Canais e mantendo o Relacionamento com os Clientes. Aqui também será realizado tudo simultaneamente, a final assim que o cliente realiza a primeira compra a startup precisa começar a se relacionar com este para idealizá-lo.

E durante o processo de vendas, ouvir o Cliente e rever se estamos compreendendo ele corretamente será muito importante para decidir a necessidade ou não de Pivotar o negócio…

E claro que as vendas e o bom atendimento aos clientes irá trazer Receitas que sustentarão a empresa, fazendo o ciclo construir – medir – aprender continuar.

Comentários