Páginas

segunda-feira, 29 de julho de 2019

Trilha da Inovação: Indústria 4.0 e o Agronegócios

Por Sandra Elisabeth e Celso Carrer


O termo Indústria 4.0 foi cunhado pela primeira vez na Alemanha em 2011 e se refere a Quarta Revolução Industrial pela qual passamos neste momento.

A contagem de Revoluções Industriais começou no século XVIII, com a Primeira Revolução Industrial, momento em que surgem as primeiras máquinas à vapor e a população saí do campo  e vai para as cidades trabalhar nas fábricas.




Noventa anos anos após a Primeira Revolução Industrial, surge a Segunda Revolução Industrial, que inclusive é amplamente estudada nas disciplinas de história e geografia pelo impacto gerado em todas as áreas da sociedade, incluindo artes, literatura, economia, etc.

A Terceira Revolução Industrial, como observado na figura 01, aconteceu em 1970, cem anos após a Segunda Revolução Industrial e diferente das duas primeiras trouxe transformações quase que exclusivamente para o setor produtivo.

E quarenta anos após a Terceira Revolução Industrial, surge a Quarta Revolução Industrial, com impactos significativos em toda a sociedade, assim como foi a Segunda Revolução Industrial.

Porém, diferente do que aconteceu no passado, a Quarta Revolução Industrial ou Indústria 4.0 trás consigo muita tecnologia para ser aplicada no campo, melhorando a vida do produtos rural e fazendo com que os jovens permaneçam em suas terras, buscando inovar nas áreas que já conhecem.

Faz parte deste cenário as máquinas agrícolas com Inteligência Artificial, como por exemplo soluções de pesagem de carga com a máquina em movimento podendo os dados serem acessados remotamente para gerenciamento da produtividade (CATERPILLAR, 2019).

Ou ainda soluções de máquinas e equipamentos autônomos ou semiautônos, com controle remoto, além dos que contam com a combinação de dados de projeto digitais, orientação na cabine e controles automáticos (CATERPILLAR, 2019).
Mais do que tecnologia embarcada em máquinas, o campo conta ainda com equipamentos que auxiliam no gerenciamento de água, nivelamento; aplicações de insumos; monitoramento e rastreamento, gerando documentações que auxiliam nas tomadas de decisões, bem como na produtividade e qualidade do que se pode ser produzido (JOHN DEERE, 2019).

O impacto da Indústria 4.0 no agronegócios é notório! Vivemos a conectividade máquina-homem-natureza, que trás benefícios para todos os envolvidos ao longo da cadeia produtiva do agronegócios (NOVELLI TU, 2017).

Investir em inovações no campo é garantir uma balança comercial saudável no Brasil, já que este setor é o responsável pela maior parte das exportações, chegando a US$ 101,7 bilhões em 2018 (Reuters, 2019).
  
REFERENCIAL

CATERPILLAR. Tecnologia. Disponível em https://www.cat.com/pt_BR/products/new/technology/payload.html. Acesso em 28 jun 2019.

JOHN DEERE. Soluções para operações no campo. Disponível em https://www.deere.com.br/pt/tecnologia-de-produtos/agricultura-de-precis%C3%A3o/solu%C3%A7%C3%B5es-para-opera%C3%A7%C3%B5es-no-campo/. Acesso em 28 jun 2019.

NOVELLI TU, Natan. Agronegócio: a aplicação da indústria 4.0 na melhora da produtividade e rendimento. USP AUN – Agência Universitária de Notícias USP. Ciência e Tecnologia, Economia e Política. Publicado em 20 jun 2017. Disponível em https://paineira.usp.br/aun/index.php/2017/06/29/agronegocio-a-aplicacao-da-industria-4-0-na-melhora-da-produtividade-e-rendimento/. Acesso em 28 jun 2019.

 

REUTERS. Exportação do agronegócio do Brasil atinge recorde de US$ 101,7 bi em 2018, diz governo. G1.com. Agro. Publicado em 18 jan 2019. Disponível em https://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2019/01/18/exportacao-do-agronegocio-do-brasil-atinge-recorde-de-us1017-bi-em-2018-diz-governo.ghtml. Acesso em 28 jun 2019.

 


segunda-feira, 22 de julho de 2019

Economia Criativa, Inovação Industrial e Agronegócios

Por Sýndreams Aceleradora


A Sýndreams Aceleradora de Startups e Empresas é uma das poucas aceleradoras no Brasil que atua em setores reconhecidamente industriais.


Nossa área de atuação começa com Economia Criativa, englobando Moda e toda a indústria têxtil e de confecção; Gastronomia; Cultura; Turismo; Designer de Produtos; Publicidade e Propaganda e claro as áreas de Desenvolvimento de Software.

Em Inovação Industrial, atendemos startups e empresas que desenvolveram produtos (físicos) e serviços diferenciados, que agregam valor a cadeia industrial e podem diminuir custos ou aumentar lucros na indústria. Inovações que estão conectadas com o novo ambiente exponencial e novos conceitos da Indústria 4.0.




Atuamos também na área de agronegócios, envolvendo desde soluções de IoT para o campo até formas inovadoras de produção de alimentos, plantio, irrigação, geração de energia, entre outros.

O que gostamos mesmo é de atuar com produtos físicos, algo que estava no papel e depois vira realidade palpável, tocável, que pode ser produzida em pequena ou grande escala, não importa! Queremos movimentar a economia industrial e gerar empregos nas fábricas nacionais.

Somos uma das poucas aceleradoras que investem nestas áreas, pois o retorno financeiro é mais lento do que os negócios envolvendo apenas softwares e há menos dinheiro de investidores neste mercado.

Porém, apesar dos riscos somos uma aceleradora que investe no potencial destes empreendimentos no Brasil e sabemos que temos muito espaço de crescimento e muitos desafios que ainda precisam de solução interna.


Assim, continuamos apostando no desenvolvimento interno e em startups que podem além de produzir inovação nacional exportar as soluções criadas no Brasil.

A Sýndreams Aceleradora acredita na força da Indústria Nacional desde 2012 e por isso desenvolveu um programa específico para as pequenas e médias industriais, para que consigam superar os desafios e atingir o modelo da Indústria 4.0.

Se você empreendedor (empresário) atua em uma destas áreas (economia criativa, inovação industrial ou agronegócios) sinta-se a vontade para agendar uma reunião conosco e conversar mais sobre as possibilidades de inovação e investimento para seu empreendimento.

Esperamos por vocês!

segunda-feira, 15 de julho de 2019

O que é uma boa localização nos dias atuais?

Por Sandra Elisabeth


A poucos anos atrás, todo empreendimento precisar pensar muito em seu “ponto”, sua localização estratégica dizia se o empreendimento teria ou não sucesso. O ideal era sempre estar próximo do cliente!

Foto de Samson Creative

Porém, esta regra vem perdendo a validade!

Quando alguém entra na Internet e compra um produto que é vendido do outro lado do planeta, percebemos que a localização física não faz mais sentido.

Com o surgimento dos serviços de entregas por aplicativos, isto ficou ainda mais fácil. Basta querer vender algo em formato de Delivery que você consegue, com alguns poucos cliques.

O cliente também, pensando em facilidade e comodidade prefere comprar pelo celular e receber em sua casa!

Até os Bancos precisaram inovar e aderir a esta nova modalidade.

Não faz mais sentido algum, para muitas pessoas, ter que mudar seu estilo de vida, o bairro onde mora ou até mesmo a cidade que reside apenas para participar de um treinamento, fazer uma graduação ou até mesmo receber consultoria ou ser acelerado.

A tecnologia reduziu as distâncias e proporcionou a possibilidade do cliente se aproximar dos melhores produtos e serviços existentes no mundo todo!

Estar presente fisicamente não significa ficar mais preparado, ter melhores resultados e nem mesmo comprovar qualidade. O cliente já sabe verificar isto tudo on line!

Na Sýndreams, por exemplo, respeitamos o desejo do empreendedor e não o obrigamos a estar fisicamente na aceleradora! Ele se quer precisar vir nos visitar! Claro que adoramos e preferimos as mentorias presenciais, mas os encontros a distâncias são tão produtivos quanto!

Por isso, repense seu empreendimento, é necessário estar disponível para o cliente e não próximo fisicamente.

E você, como está o seu empreendimento?

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Trilha da Inovação: Inovação no Agronegócios

Por Sandra Elisabeth e Celso Carrer


Inovação é uma técnica essencial para mudar o consumo padrões e melhorar a eficiência ao longo da cadeia alimentar. A inovação é necessária em fornecedores, fábricas e  produtores agrícolas, distribuidores de alimentos e varejistas de alimentos para satisfazer os consumidores” (GUNDERSON; BOEHLJE; NEVES; SONKA, 2014, p. 66).

Assim como acontece em outros setores da economia a inovação é capaz de impulsionar e melhorar o desenvolvimento e resultados dos empreendimentos do agronegócio (HAYAMI; RUTTAN, 1988).


Um dos setores que mais crescem no Brasil  é o do agronegócios, segundo dados do Censo AgTech, em 2017 houve um aumento de 150% no número de startups voltadas para este setor (ESALQ/USP, 2018).

Estas startups são de alta tecnologia e oferecem ao campo meios de melhorarem a produtividade, o produto, a colheita, a engorda do gado, entre outras soluções que são de grande importancia para quem atua nas fazendas.

Neste sentido podemos citar algumas startups desenvolvidas no interior de São Paulo, tais como:

Hidrofito: sistema de gerenciamento agrícola, baseado na variação espacial das propriedades do solo e da planta, que visa a otimização dos lucros, sustentabilidade e proteção ambiental (HIDROFITO, 2019).

Gerassol: Tecnologia de concentração solar de alta potencia (CSP) por calhas parabólicas GERASSOL e turbina ou motor a vapor com potencia de 01 a 100 KW, ou seja, um micro gerador solar que converte energia solar em energia elétrica (UNICETEX, 2019).

Estou Legal: Adequação para Certificação de produto dentro do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade do Inmetro. Tem como objetivo a melhoria contínua para reduzir custos, aumentar a produtividade e manter-se competitivo no mercado (UNICETEX, 2019).

Equinova: Serviço de gestão e de monitoramento que vai otimizar as decisões referentes a criação e acompanhar remotamente os eqüinos no estábulos. São produtos interligados, com a finalidade de assegurar o bem-estar de equinos (UNICATEX, 2019).

Agroinova: leva tecnologia para o agronegócio, com soluções inovadoras para o mercado aquícola e agropecuário. Desenvolvidos com a expertise de tecnólogos e zootecnistas, seus produtos facilitam um melhor gerenciamento, execução e administração desde as atividades de campo – como manejo, classificação e biometria – até as rotinas de negócio – como controle de estoque e financeiro e compra e venda – possibilitando que um dos mais representativos setores do país se torne ainda mais produtivo e rentável (AGROINOVA, 2019).

Solinova: desenvolve projetos que envolvem técnicas de eficiência energética, fontes alternativas de energias renováveis, desenvolvimento tecnológico para equipamentos, ligados ao mercado de energia, além de consultorias e diagnósticos de mercado, comercialização de produtos e serviços especializados de engenharia energética voltados ao agronegócio e regiões descentralizadas do Brasil (SOLINOVA, 2019).

Percebe-se que cada uma destas empresas apresenta uma solução diferenciada para o campo, proporcionando a sua maneira que o agricultor, pecuarista, aquicultor, etc. controle melhor sua produção, gere energia de maneira mais eficiente, obtenha as certificações necessárias para o seu empreendimento, entre outras coisas, aumentando a lucratividade de toda a cadeia produtiva.

REFERÊNCIAS:

AGROINOVA. AgroInova. Disponível em: http://agroinova.com.br/agroinova/. Acesso em 12/jun/2019.

GUNDERSON; BOEHLJE; NEVES; SONKA. Agribusiness Organization and Management. Encyclopedia of Agriculture and Food Systems, v. 1. Elsevier Inc., 2014.

HAYAMI, Y.; RUTTAN V.W. Desenvolvimento agrícola: teoria e experiências internacionais. Brasília, DF. EMBRAPA-DPU, 1988.

HIDROFITO. Sobre. Disponível em https://www.linkedin.com/company/hidrofito-agricultura-de-alta-efici%C3%AAncia/about/. Acesso em 12/jun/2019.

SOLINOVA. Home. Disponível em: https://solinova.com.br/. Acesso em: 12/jun/2019.

UNICETEX. Gerassol. Disponível em: https://docs.wixstatic.com/ugd/2ad832_d2cf8a8946854000879f198d61dfc52d.pdf. Acesso em 12/jun/2019.

UNICETEX. Estou Legal. Disponível em: https://docs.wixstatic.com/ugd/2ad832_a48d45d46e6a4dc6af9988a9371606a7.pdf. Acesso em 12/jun/2019.

UNICETEX. Equinova. Disponível em: https://docs.wixstatic.com/ugd/2ad832_568f2a8ee13d4fdc9d949ef344951eee.pdf. Acesso em 12/jun/2019.