Páginas

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Implantando as estratégias

Por Sandra Elisabeth

Depois de uma empresa decidir o que fazer é necessário definir o como fazer para implementar as estratégia.

É importante que o empreendedor tenha bem definido quais serão suas metas e objetivos. Lembrando que estas precisam ser:
=> Mensuráveis;
=> Temporais;
=> Atingíveis;
=> Relacionados com a estratégia.


Geralmente a empresa faz um planejamento estratégico amplo e único que inclui toda a empresa. Porem para se realizar a implementação deste plano é necessário que ele seja dividido entre as áreas funcionais da empresa para que cada um saiba exatamente o que deverá fazer.

Todas as empresas, independente do tamanho, tem no mínimo 4 áreas  funcionais: produção; marketing e vendas; financeiro e recursos humanos. Isso significa que seu planejamento precisará ser dividido em pelo menos 4 áreas para que seja implantado corretamente.

Um outro passo muito importante para se implantar o planejado é elaborar um bom plano de ação. Para se fazer isso o empreendedor precisa se perguntar:
  • O que deve ser feito?
  • Do que depende?
  • Quem deverá fazer?
  • Porque a atividade é importante?
  • Como a atividade deverá ser realizada?
  • Qual o prazo de início e fim de cada etapa?
  • Quanto vai custar?
  • Quais outros recursos serão necessários para que a atividade seja realizada? 


Após responder essas questões, o ideal é que seja elaborado um cronograma de implantação que irá estabelecer as datas de quando as atividades deverão se iniciar e terminar. Isto ajudará na fase seguinte – a de acompanhamento, pois só assim saberemos se tudo está sendo cumprido no tempo certo.


Exemplo de cronograma:


Observe que assim é possível visualizar o que está acontecendo, em que momento e se o planejado está ou não sendo cumprido.

É claro que se isso foi algo tão simples, qualquer um implantaria estratégias, porém sabemos que há várias dificuldades para se fazer isso. Costa (2003) cita algumas delas:
  • Diagnóstico inexistente ou inadequado
  • Foco no “aqui e agora”
  • O “fogo de palha” e a novidade do mês
  • Falta de comprometimento da alta e média gerência
  • Mudanças inesperadas durante o andamento do processo
  • Falta de metodologia adequada e consensual
  • Muita análise, pouca síntese e nenhuma ação
  • Falta de flexibilidade no processo
  • Falta de vinculação dos investimentos com o orçamento operacional
  • Falta de comando para implementação

Enfim, o importante é que você comece a implementar suas ideias agora, neste momento! Não deixe para depois! E sempre acompanhe cada um dos passos que são dados para garantir que tudo sairá como o planejado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário